0
comentários

sábado

Sobre o Kundalini Yoga

Kundalini Yoga, como ensinado por Yogi Bhajan ® é considerada a mais abrangente das tradições do yoga, que combina meditação, mantras, exercícios físicos e técnicas de respiração, é um Yog Raj, abrangendo os oito membros do yoga em uma prática de excelência singular e êxtase. "Kundalini" significa literalmente "ondulação da mecha de cabelo do amado." Essa metáfora poética faz alusão ao fluxo de energia e consciência que existe dentro de cada um de nós, e nos permite fundir-se com - ou "jugo" - o universal Self. Consciência individual e universal fusão cria uma união divina, chamada de "yoga." Os Upanishads, que remontam ao século V aC, descrevem o kundalini, embora a tradição oral remonta ainda mais longe na história. Por milhares de anos, esta ciência sagrada e da tecnologia foi velada em segredo, repassada verbalmente de mestre para discípulo escolhido.

Como descrever o Kundalini Yoga?
Kundalini Yoga, como ensinado por Yogi Bhajan ® é também conhecido como Yoga da Consciência, seu foco é no auto-conhecimento, proporcionando uma experiência de sua consciência mais elevada. A tecnologia do Kundalini Yoga é uma ciência da mente e do corpo, a elevar o espírito, que não tem fronteiras, sem discriminação. Por isso, é para todos, universal e sem denominação. Na tradição antiga que é yoga, Kundalini Yoga é um caminho de chefe de família, isto é, sempre foi praticada por aqueles com famílias e empregos, em oposição a um caminho renunciante do celibato e remoção da sociedade, que foi o caminho usual de um yogi.

Qual é o foco do Kundalini Yoga? Qual é o objetivo principal da prática?

O principal objetivo é despertar o potencial da consciência humana em cada indivíduo, isto é, reconhecer a nossa consciência, refinar essa consciência e expandir a nossa consciência auto limitada. Limpar qualquer dualidade interior, criar o poder de escutar profundamente, cultivar a quietude interior, prosperar e entregar a excelência em tudo o que fazemos.O foco do Kundalini Yoga é sobre a própria experiência pessoal e da consciência através da prática de kriya e Naad. Nós despertarmos a kundalini, a fim de sermos capazes de invocar o potencial dos sistemas nervoso e glandular, para equilibrar o sistema sutil de chakras e meridianos no corpo. "Kriya" é um padrão de movimentos orquestrados, som, pranayama, mudras, concentração e meditação que, automaticamente, guia as energias do corpo e da mente a um resultado específico ou mudança de consciência. O Kundalini Yoga não confia em qualquer uma dessas técnicas (embora utilize muitas), se não for testada dentro da estrutura de cada kriya como compartilhado por Yogi Bhajan, que fornece o progresso constante, previsível e que aproveita estas funções básicas do corpo e da mente para criar, rapidamente, o crescimento sustentável e a cura pessoal . Nesta tradição, a meditação não é considerada separada do asana ou yoga, que é parte integrante da prática. Os exercícios no kriya trazem o corpo e a mente para um estado de meditação profunda, onde é facilmente alcançada. Nosso objetivo fundamental é despertar o poder do indivíduo de sobressair para a sua experiência infinita e cumprir seu destino pessoal.

Quem fundou a escola? Quando? 
Yogi Bhajan (aka Siri Singh Sahib Bhai Sahib Harbhajan Singh Khalsa Yogiji) veio para os Estados Unidos em 1969 e fundou a 3HO ( fundação sem fins lucrativos). Em 1970, ele formou seu primeiro instrutor e o Kundalini Research Institute foi formado em 1971, desde então passou a formalizar a certificação e formação de professores a nível internacional.

Quem ou quais foram as maiores influências visíveis na criação do Kundalini Yoga?
Kundalini Yoga como uma prática de Yoga é uma Raj e combina todos os tradicionais oito membros do Yoga. Yogi Bhajan era o estudante de dois Mestres. Sant Hazare Singh declarou Yogi Bhajan um Mestre de Kundalini Yoga com a idade de 16 ½. Guru Ram Das, o Mestre Sikh. Em quarto lugar, deu a Yogi Bhajan seu Mantra Gur próprio. Muitos anos depois, nos primeiros anos de seu ensino no ocidente, o Kundalini Yoga foi ensinado de mestre a aluno por centenas, talvez milhares, de anos e se cruza com a linhagem dos Mestres Sikh como Guru Nanak, Ram Das Guru Guru Gobind Singh nos últimos 500 anos. Suas fontes incluem muitos Mestres de yoga, da região Norte do Punjab (Índia), bem como o contributo ímpar dos Gurus no uso de Naad e Guru Shabd. Guru Nanak começou a linha Udasi através de seu filho Baba Siri Chand, um Mestre que serviu e ensinou por mais de 100 anos. Ele ensinou todas as linhagens existentes da época e foi educado por vários dos Gurus Sikh em sua juventude. Yogi Bhajan foi o primeiro a ensinar abertamente Kundalini Yoga no oriente e no ocidente. A linhagem é agora realizada em herança através da tecnologia da Cadeia de Ouro, uma conexão com os Mestres através do corpo sutil.

Como você descreveria uma aula de Yoga Kundalini tradicional? Como começa e termina? Quanto tempo irá durar? O que é enfatizado? 
Kundalini Yoga é provavelmente o estilo mais formal de yoga atualmente ensinado em todo o mundo. Em qualquer classe, em qualquer lugar do mundo, você pode esperar que incluem seis componentes principais: 1) sintonizar com o Mantra Adi, 2) pranayama ou aquecimento, 3) kriya, 4) relaxamento, 5) e 6 meditação estreita com a música de benção "Que o eterno sol brilhe sobre você". Kriyas são conjuntos completos de exercícios que são realizados nas seqüências dadas pelo Mestre, eles podem ser simples seqüências curtas ou podem ser vigorosos, até mesmo exercícios extenuantes e técnicas de respiração forte, como a "Respiração do Fogo", que desafia e fortalece os sistemas nervoso e endócrino, testando a vontade do praticante além das limitações de seu ego. A a aula tradiconal é 60 ou 90 minutos: 10 minutos de aquecimento, 30 a 45 minutos de kriya, 5 a15 minutos de relaxamento, 11 a 30 minutos de meditação. 

Fazer uma aula de Yoga Kundalini tradicional inclui meditação ou pranayama? Inclui cânticos? Inclui outras práticas de yoga?

O Kundalini Yoga geralmente inclui pranayama e meditação. Pranayama são práticas que variam em um minuto de respiração, respiração do fogo, respiração alternada, respiração do cachorro, sitali pranayama e técnicas de respiração suspensa. As meditações muitas vezes envolvem movimento ou mantra, e geralmente têm um foco do olho (drishti), além de mudra (posição de mão) e asana (postura corporal). No Yoga Kundalini muitos kriyas e meditações incluem mantra e músicas. Um dos primeiros sinais do despertar da kundalini é uma nova consciência do poder de nossas palavras. Você começa a meditar e desenvolver sons interiores usando mantra e Naad. O Kundalini Yoga foi muitas vezes confundido com Mantra Yoga por causa de sua integração freqüente de som em seu kriyas e meditações. O uso de mantra durante a prática de Kundalini Yoga é muito eficaz para alcançar dois objetivos particulares da prática de expansão do self e elevação do espírito. O mantra também colabora com os novatos em meditação, que encontram o silêncio e a imobilidade, absolutamente muito desafiadora. Desta forma, é uma "prática do iniciante" e pode ser usado por qualquer pessoa para atingir o equilíbrio, clareza e serenidade. Além disso, há muitas meditações que são silenciosas, praticado em uma quietude profundamente transformadora chamada shuniya.


O que faz o Kundalini Yoga único (isto é, diferente de outros estilos / escolas de yoga)?
É a eficiência e eficácia em seu poder. O Kundalini Yoga é rápido porque é um sistema construído para a família, as mudanças que você deseja afetar em sua vida acontecem muito mais rapidamente com Kundalini Yoga do que muitos outros estilos de yoga. A variedade de técnicas e meditações é enorme, permitindo que o instrutor adapte os programas que suportam o indivíduo e seus objetivos. É uma forma segura de estimular os recursos naturais do corpo e tornar-se saudável, feliz e santo no corpo, mente e espírito. É um caminho comprovado para o Eu e a Alma, para uma experiência de seu destino mais elevado. Além do kriya e da estrutura tradicional do Yoga, os ensinamentos de Yogi Bhajan compreendem uma vasta gama de tópicos, que ele chamou de Humanologia: filosofia e Sikh Dharma, estilo de vida ensinamentos, comunicação, relacionamentos e casamento, nutrição, higiene, educação dos filhos, as mulheres e os ensinamentos dos homens, meditação e mudra, Naad Yoga e mantra, numerologia e muito mais. Desta forma, o Kundalini é conhecido como Yoga Raj porque incorpora aspectos de todos os caminhos do yoga: serviço, dedicação, postura, respiração, som, concentração, sabedoria e assim por diante.
0
comentários

O que esperar de uma aula de KUNDALINI YOGA?

Kundalini Yoga é uma forma antiga de Yoga, mas só tem sido praticado no Ocidente muito recentemente, sendo um dos tipos de Yoga mais espirituais, pois vai para além da performance física, tendo a sua ênfase na respiração, meditação e também cantos.

Kundalini é a energia inexplorada na base da coluna. A completa Luz acontece quando esta energia atinge o Chacra da Coroa. A energia Kundalini é frequentemente representada como uma cobra enrolada na base da espinha dorsal.

Homens de grande conhecimento, descobriram os chacras, os seus trabalhos, as suas pétalas, os seus sons, a sua infinidade, os seus poderes. Descobriram que a vida humana é totalmente baseada nestes chacras. Esta ciência total fez nascer o Kundalini Yoga.

O que esperar de uma aula de Kundalini Yoga?

Uma aula de Kundalini Yoga é focada na respiração e no movimento, consistindo normalmente por um aquecimento para alongar a espinha e melhorar a flexibilidade, a sequência de posições (kriya) que se foca numa área específica do corpo costumam ser intensas fisicamente, e meditação, incluindo o uso de mantras cantados.

Este tipo de Yoga costuma apelar a pessoas que gostam de desafios para a mente e para o corpo. Cada série de exercícios de Kundalini Yoga é efetuado em conjunto com uma respiração específica que intensifica os efeitos das posturas com o propósito de libertar energia na parte inferior do corpo permitindo-o que se mova para cima.

Nas aulas aprenderá a arte do relaxamento, auto-cura e elevação. Equilibrar o corpo e a mente permite experimentar a clareza e a beleza da sua alma. Não é necessária qualquer experiência prévia em Yoga para que possa atingir resultados desde a sua primeira aula.

As sequências de Kundalini (Kriyas) podem consistir em rápidos e repetitivos movimentos feitos com respiração ou ficando em uma posição enquanto respira de uma determinada forma. Através da prática desta forma de Yoga e meditação, o seu sistema nervoso e glandular é estimulado e a sua capacidade de potencial e criatividade é aumentada.

Ganhará vitalidade para compensar os adversos efeitos do estresse para que possa se superar na vida.

0
comentários

Kundalini

Kundalini é o alegado poder espiritual primordial ou energia cósmica que jaz adormecida no Múládhára Chakra, o centro de força situado próximo à base da coluna, e aos órgãos genitais. É a energia que transita entre os chakras.

Deriva de uma palavra em sânscrito que significa, literalmente, "enrolada como uma cobra" ou "aquela que tem a forma de uma serpente". É a energia do Universo em seu aspecto Purna-Shakti, total, como potencial, sendo o Prana-Shakti o aspecto biológico, ou fisico, como calor, eletricidade, etc.

O termo é feminino, e deve ser sempre acentuado com pronúncia longa no í final. Muitos por a considerarem sagrada, grafam o nome com "K" maiúsculo. O símbolo do caduceu é considerado como uma antiga representação simbólica da fisiologia da Kundalini.

Segundo a crença, enquanto está adormecida, assemelha-se a uma chama congelada. O "despertar" da energia divina Shakti Kundalini requer a orientação de um mestre realizado, para que o ativamento e desenvolvimento sejam apropriados e conduzam à meta suprema do Yoga que é a paz interior e a realização divina.

0
comentários

Quais são os benefícios do Kundalini Yoga?

0
comentários

Fundação 3HO - Happy, Healthy, Holy Organization


Yogi Bhajan nasceu em 26 de agosto de 1929 em Kot Harkarn, atual Paquistão. Aos 16 anos foi declarado Mestre de Kundalini Yoga pelas mãos do Mestre Sant Hazara Singh, tornando-se também Mestre em Hatha Yoga. Depois de concluir seus estudos de economia na Universidade do Punjab ingressou no serviço público passando a exercer postos de responsabilidade. Casado, aos 39 anos deixou a Índia indo para o Canadá. Depois de alguns meses chegou em Los Angeles. Lá, encontrando uma turma de jovens hippies, os buscadores espirituais da época, reconheceu que a experiência de expansão da consciência que eles estavam procurando através das drogas, poderia ser vivenciada pela Ciência da Kundalini Yoga.

De forma modesta e humilde começou a ensinar em garagens, loja de móveis usados, salas emprestadas, centros culturais. O Yogi era um ímã e logo muitos começaram a freqüentar suas aulas. Ensinava yoga, meditação, filosofia yóguica, auto aceitação, amor. Logo estabeleceu uma alternativa à cultura da droga. Em pouco tempo ensinava em colégios, universidades e aceitava convites para ensinar noutras cidades americanas.

Tornou-se uma figura emblemática na vida política dos EUA, presente em movimentos internacionais pela paz, pela educação, pela elevação da mulher e pela divulgação de valores espirituais em todo mundo. Criou a Fundação 3HO, sem fins lucrativos e sob sua direção a 3HO invadiu o mundo. Tornou-se membro das Nações Unidas representando vários assuntos.




Acesse o site:
0
comentários

KRI - Kundalini Research Institute (Instituto de Pesquisa Kundalini)

Kundalini Research Institute

O KRI (Instituto de Pesquisa Kundalini) tem a função de criar reconhecimento global e acesso aos Ensinamentos de Yogi Bhajan através do desenvolvimento de produtos e da Biblioteca de Ensinamentos, criar e regularizar os programas de Treinamento e Certificação Internacional para professores de Kundalini Yoga.
0
comentários

3HO Brasil

Fundado no Brasil em 1987, o Instituto 3HO Brasil se dedica ao processo de reeducação individual e à evolução humana utilizando Kundalini Yoga e Meditação para alcançar o direito nato que cada indivíduo possui, o de ser “Feliz, Saudável e Divino”, levando em conta todos os aspectos do ser, o mental, o físico e o espiritual.

Pratique Kundalini Yoga

Em poucas palavras, a prática de Kundalini Yoga lhe ensinará a obter um sistema imunológico forte, glândulas vigorosas, um sistema nervoso equilibrado, boa circulação e uma consciência do impacto dos seus hábitos. Através da meditação, você poderá acalmar sua mente e desenvolver sua intuição para reconhecer o que é verdadeiro e importante para você.

Acesse o site:
0
comentários

sexta-feira

Kundalini Yoga

0
comentários

Sat Kriya



O principal benefício deste kriya é que leva energia a partir de baixo para chacras superiores, fortalece todo o sistema sexual e estimula o fluxo natural de energia. Isso elimina as compulsões sexuais e fobias e lhe dá o controle sobre o desejo sexual persistente. E canalizar essa energia criativa e de cura do corpo.

Ela também ajuda pessoas com problemas psicológicos e depressão, uma vez que esses distúrbios estão sempre conectados a um desequilíbrio nas energias dos três chacras inferiores.

Ele melhora a saúde física geral, uma vez que todos os órgãos internos receber uma massagem relaxante e pressão arterial rítmica.
0
comentários

A energia kundalini atuando

0
comentários

Alternativa Saúde: A energia Kundalini e o Feminino

0
comentários

Ra Ma Da Sa - Mantra Music

 

  
Mantra para paz, meditação e cura 

Ra Ma Da Sa, Sa Say So Hung


0
comentários

Ong Namo Guru Dev Namo


Mantra que inicia a prática do Kundalini Yoga. É o Mantra que precede a prática do Kundalini Yoga, sintonizando a pessoa com o seu Ser Superior ou Mestre Interno.

Ong: Energia de Criatividade Infinita em manifestação e atividade.

Namo: Saudações reverentes, humildade.

Guru: professor ou sabedoria.

Dev: Divino ou Deus.

Namo: reafirma a humildade e reverência.
0
comentários

Eterno Sol


Música para a finalização da prática de kundalini yoga.
* vídeo em espanhol
0
comentários

Snatam Kaur - Earth's Prayer - The Official Music Video

0
comentários

11:11:11 - Kundalini Yoga & Music Festival

Transformação experiência como cruzar o limiar para a Era de Aquário

Junte-se Guru Dev Singh , Gurmukh , Guru Singh , Snatam Kaur , Deva Premal e Miten com manose , juntamente com professores convidados Chardhi Kala Jatha, Guru Dass, Shyamdas, Kartar Singh e todos os seus irmãos e irmãs de todo o mundo para celebrar o amanhecer de Era de Aquário, em Rishikesh, na Índia. A celebração de 7 dias de música e Yoga Kundalini, nas margens do sagrado Ganges. Por 13 mil anos temos esperado desta vez. Vamos viagem à antiga terra de sabedoria, amor, eo Criador. Enquanto nos reunimos, a nossa luz, orações e cura será sentida em todo o mundo. Nós somos a luz. Nós somos o Amor. Deixá-lo ser sentida, e deixe-o elevar e curar o mundo. Elevar o mundo, sua família, você mesmo! Se juntar a nós em oração, cerimônia, dança, Sadhana, cantando, rindo, amando, e comer uma deliciosa comida juntos. Traga os seus filhos de todas as idades. Traga sua mãe. Traga o seu pai. Trazer todos. Você pode imaginar a alegria e diversão que teremos? Estamos calorosamente e carinhosamente hospedado por Parmarth Niketan Ashram.

1 comentários

livros - Yogi Bhajan













A mente - suas projeções e múltiplas facetas













The Aquarian Teacher - O professor aquariano














Praana Praanee Pranayama
0
comentários

quinta-feira

Breve Relato sobre a vida de Yogui Bhajan

Yogui Bhajan nasceu na pequena aldeia de Kot Harkarn, em 26 de agosto de 1929, na parte da Índia que se tornou Paquistão em 1948. Era filho de um médico. O nome de Yogui Bhajan era Harbhajan Singh Puri.
O mestre mais influente nos seus anos de infância, foi seu avô que contava relatos espirituais, animando-o sempre a viver na Verdade. Quando tinha apenas oito anos começou seu treinamento yóguico com o professor iluminado, Sant Hazara Singh, que o proclamou ser um Mestre de Kundalini Yoga quando ele tinha 16 anos e meio.
Em 1953 casou com Inderjit Kaur e tiveram dois meninos e uma menina.
Depois de muitos anos como estudante nos quais teve como guia vários mestres espirituais, tornou-se um mestre e alcançou os Siddhas (poderes ocultos) como um yogui perfeito. Mas sabia que tinha uma necessidade: a de ter um mestre para ser guiado em sua evolução espiritual e em sua função de mestre. Assim foi. Durante quatro anos lavou cada dia o chão do Templo Dourado em Amristar, Índia, e meditou durante longas horas, alcançando dessa forma a relação com o Guru Ram Das
Fundou a Organização 3HO (Happy, Health and Holly Organization),
fundação não lucrativa que foi estabelecida na Califórnia. O serviço da 3HO para a humanidade é através da Kundalini Yoga, meditação, e da Ciência da Humanologia que melhora o bem estar físico, assim como a consciência espiritual aprofundada. Sob a orientação dele como diretor de Educação Espiritual, 3HO cresceu rapidamente pelo mundo inteiro, em 300 centros, em 35 países. Em 1994, 3HO tornou-se membro das Nações Unidas como uma ONG (Organização Não-Governamental) na condição de Consultora com o Conselho Econômico e Social, representando questões femininas, promovendo direitos humanos e fornecendo educação em sistemas alternativos de medicina.
Viajando extensivamente nos anos setenta e oitenta, Yogi Bhajan empenhou-se em campanha vigorosa, incansavelmente, para instruir, elevar e iluminar a todos que encontrasse. Sua mensagem básica era: “É o seu direito de nascença ser saudável, feliz e santo”.
Yogui Bhajan tem formado Instrutores em muitos países e com eles compartilha essa Tecnologia Sagrada e sua Filosofia dentro de uma perspectiva que ele resume dizendo “não vim ao ocidente para acumular discípulos, e sim para formar novos Mestres”. Por isso fornece aos Instrutores as melhores condições para o desenvolvimento da habilidade de ensinar e orientar de forma cada vez mais personalizada a prática do Kundalini Yoga. Para isso passou a ensinar também a Numerologia Tântrica, que permite um diagnóstico das necessidades e potencialidades individuais e os Kriyas e Meditações específicas para cada caso.

Ao se tornar Mahan Tântrico (único Mestre de Tantra Yoga Branco vivo) em 1971, ele conduziu “workshops” em cidades no mundo inteiro. Em 1987, transformou esses “workshops” em vídeos, chamando-os de Cursos “Renovar para tornar-se Novo”, que continuarão a ser dados no mundo inteiro.
Sempre foi fiel ao seu compromisso inicial: “Eu não vim para reunir alunos, mas para treinar professores”. A International Kundalini Yoga Teachers Association, (Associação Internacional dos Professores de Kundalini Yoga) e o KRI Kundalini Research Institute (Instituto de Pesquisas Kundalini) mantém agora cursos de formação de professores através do mundo.
Harbhajan Singh Khalsa Yogiji, conhecido como Yogui Bhajan por centenas de milhares de adeptos pelo mundo inteiro, deixou seu corpo físico às 21 h, horário local, no dia seis de outubro. Sua passagem teve lugar no seu lar em Espanola, New México, rodeado pela família e pelos amigos. A causa da morte foi complicação devido a falha cardíaca. Tinha 75 anos.

Seu Lema: ”Se você não consegue ver Deus em tudo, não consegue ver Deus de forma alguma.”
Seu Credo: “Não é a vida que importa, é a coragem que você traz a ela.”
Seu Desafio aos Alunos: “Não me amem, amem os meus ensinamentos. Tornem-se dez.”

0
comentários

terça-feira

Mudra

Os Mudras são um gestos simbólicos feito com as mãos, significando, literalmente, gesto, selo, senha ou chave. Provém da raiz mud, alegrar-se, gostar. Deve ser pronunciado sempre com o “a” tônico, e é palavra do gênero masculino (O Mudra). Eles são usados no Yôga (um dos seis pontos de vista do hinduísmo) para penetrar em determinados setores do inconsciente coletivo, conectando o praticante às origens de sua linhagem de Yôga. Em alguns livros, aparece traduzido como símbolo, mas tal tradução não é correta, uma vez que símbolo, em sânscrito, corresponde à palavra Yantra.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Mudra
0
comentários

A prática da Respiração de Fogo

Neste artigo explicamos a respiração mais usada nas aulas de Kundalini Yoga – a Respiração de Fogo – com resultados maravilhosos de limpeza, transformação e cura. Os textos são baseados nos manuais de Kundalini Yoga por Yogi Bhajan.

Aprenda a fazer a Respiração de Fogo

Respire pelo nariz. Solte os ombros. Coluna ereta e peito erguido. Sempre praticada pelas narinas e com a boca fechada. O abdômen faz todo o trabalho. A Respiração de Fogo é provida de energia do ponto do umbigo e do plexo solar. Coloque os dedos sobre o ponto do umbigo – use-os para sentir se seu umbigo vai para dentro em direção à coluna e para cima, na expiração, isto acontece automaticamente se você contrair o diafragma. Para inalar o abdome relaxa, o diafragma estende-se para baixo, e a inspiração parece entrar como parte deste relaxamento. A respiração é ritmicamente rápida, continua e poderosa, sem pausa entre a inspiração e a expiração. Ao expirar, o ar é empurrado para fora, pelo puxar do umbigo e abdômen em direção à coluna, você sentirá puxar os músculos desta área.

O ponto do umbigo é naturalmente dinâmico e a maior parte do movimento irá acontecer automaticamente se você mantiver a região inferior do abdômen relativamente relaxada. Não force muito o umbigo, nem prenda-o, isso cria tensão no rosto – o ideal é manter uma expressão suave se deseja um bom atalho para a paz mental. Iniciantes devem fazer esta respiração mais devagar e calmamente, em torno de 40 a 60 respirações por minuto é um bom ritmo. No inicio o umbigo e o Plexo Solar podem ficar cansados e descoordenados, mas, se você mantém a prática, a respiração tornar-se-á rítmica e muito fácil. Esta respiração é a antítese da respiração superficial, que é uma respiração irregular, característica de estados emocionais que acompanham pensamentos negativos.

Para se concentrar mais e canalizar a energia que esta respiração cria, mentalmente vibre Sat Nam (SAT é a única realidade sempre presente no mundo infinito, a Essência Divina. NAM é a identidade vibracional. Aquilo que vibramos, nós nos tornamos). Ouvir este som na respiração informa à sua mente o que fazer com toda a energia gerada. Use esta energia para explorar o sentido de ser infinito.

A Respiração de Fogo é uma respiração de descontaminação, que limpa o sangue, soltando os resíduos tóxicos dos pulmões, mucosas, vasos sangüíneos e células. Quando se precisa de resistência extra ela beneficia muito. Uma vez que o ponto do umbigo é estimulado diretamente, a respiração gera constância nos reinos físico e mental. A circulação periférica pode ser aumentada, assim como a energia nervosa, desde que a respiração seja feita corretamente e aperfeiçoada lenta e metodicamente.

Diz o Dr. Dharma Singh Khalsa, M.D. em seu livro "Longevidade do Cérebro" (fonte: [113 b, p. 381/382]):

"A Respiração de Fogo é um excelente exercício para elevar a energia. Apenas 3 minutos dessa respiração já serão suficientes para aumentar sua energia física e mental. Do ponto de vista ocidental, ela é eficaz, porque estimula os nervos esplâncnicos na cavidade abdominal. A estimulação desses nervos provoca a liberação da adrenalina e noradrenalina.

Respire a partir do diafragma, e conserve o tórax relaxado. Concentre sua energia mental na área do umbigo. Esse exercício pode causar uma sensação de delírio, que pode se parecer com uma hiper-ventilação – uma redução de dióxido de carbono no sangue – estudos clínicos revelaram que, na Respiração de Fogo, enquanto o nível de dióxido de carbono no sangue parece normal, o nível de oxigênio, realmente se eleva. Outros estudos indicaram que a Respiração de Fogo produz ritmos alfa no cérebro. Isso explica por que o exercício é capaz de criar, simultaneamente, tranqüilidade e vivacidade aumentada. A Respiração de Fogo também aumenta a transferência de oxigênio para o cérebro e, em razão desse acréscimo de oxigênio, o metabolismo neuronal torna-se melhor. Os neurônios ficam limpos e rejuvenescidos."

E após alguns minutos da Respiração de Fogo, simplesmente respire de maneira profunda e tranquila... sentindo você... Como você está agora?

Publicado por Josely Saldanha, professora de Kundalini Yoga formada em 2009 (Kundalini Research International). Instrutora de Hatha Yoga desde 2004. Pós Graduada em Ensino Superior de Yoga (Faculdades Espírita de Curitiba). Cursos anuais específicos de: Meditação, Respiração e Ajustes de Posturas. Estudante de Budismo e Teosofia. Praticante Iniciada em Kriya Yoga (Yogananda) e Magnified Healing.

0
comentários

Mantra Sa Ta Na Ma


Mantra que precede a prática do Kundalini Yoga, sintonizando o praticante com o seu Ser Superior ou Mestre Interno.
0
comentários

A Origem do Yoga

A argumentação arqueológica mais recente contesta os antigos arqueólogos. A nova geração de arqueólogos, que utiliza a arqueologia processual como método de trabalho, concebe que “uma civilização é produto de um longo processo de evolução e mudança cultural que envolve longos períodos de tempo e amplas extensões de terra, e não algo que acontece da noite para o dia”.
Esta nova metodologia traz com total clareza a continuidade, entre as culturas Indus-Sarasvatí e do Ganges. Essa continuidade é evidente na tradição oral, na cosmogonia, na linguagem e nos sistemas de pesagem e medição.Descobriu-se recentemente ruínas da cidade de Mehgahr, cujas origens estão localizadas no período entre 8215 e 7215 a.C.. Foi revelado o uso do cobre, o plantio de cevada e a criação de gado no cercado; estes são alguns elementos da cultura Védica. Tudo isto, juntamente com o achado de alguns altares domésticos de culto ao fogo em Harappa e Mohenjodaro, entre outras, derruba a argumentação dos primeiros arqueólogos, que afirmaram que o cavalo foi levado a esta região através dos invasores Arianos, por volta do ano de 1500 a.C.. O curioso é que há pouco tempo encontrou-se ossos eqüinos em assentamentos humanos anteriores ao surgimento da cidade de Harappa e o Rig-Veda, que é datado de 5000 a.C., descreve através de hinos o amor do povo pela terra que sempre habitaram — o clima, a geografia, a fauna e a vegetação que coincidem com os da Índia Setentrional. Nestes hinos são feitas inúmeras citações ao cavalo e à sua utilização, o que reforça a continuidade entre as culturas do vale do Indo e a Védica, não havendo nenhum registro da tal invasão, nem na memória coletiva, nem nas tradições dos descendentes dos supostos derrotados, os Drávidas.

Existe um número enorme de argumentos que desmontam a versão dos primeiros arqueólogos; a manipulação dos mitos de qualquer cultura, feita por investigadores, historiadores e outros especialistas, tem como único resultado aniquilá-los.

O Yoga surge junto a esta civilização de língua bem desenvolvida, rico artesanato, cidades urbanizadas, escrita pictórica muito avançada, remontando a um período de 10.000 a.C.

0
comentários

Os Chakras

A palavra chakra vem do sânscrito e significa "roda", "disco", "centro" ou "plexo". Nesta forma eles são percebidos por videntes como vórtices (redemoinhos) de energia vital, espirais girando em alta velocidade, vibrando em pontos vitais de nosso corpo. Os chakras são pontos de interseção entre vários planos e através deles nosso corpo etérico se manifesta mais intensamente no corpo físico.

Os Vedas (5.000 a.C.) contêm os mais antigos registros sobre chakras de que se tem notícia. Quando foram escritos, o Yoga já sistematizava o conhecimento e o trabalho energético dos chakras.

São sete os principais chakras, dispostos desde a base da coluna vertebral até o alto da cabeça e cada um corresponde à uma das sete principais glândulas do corpo humano. Cada um destes chakras está em estreita correspondência com certas funções físicas, mentais, vitais ou espirituais. Num corpo saudável, todos esses vórtices giram a uma grande velocidade, permitindo que a "prana", flua para cima por intermédio do sistema endócrino. Mas se um desses centros começa a diminuir a velocidade de rotação, o fluxo de energia fica inibido ou bloqueado - e disso resulta o envelhecimento ou a doença.

Os chakras são conectados entre si por uma espécie de tubo etérico (Nadi) principal chamado "Sushumna", ao longo do eixo central do corpo humano, por onde dois outros canais alternados "Ida" que sai da base da espinha dorsal à esquerda de Sushumna e "Pingala" à direita ( na mulher estão invertidas estas posições ).

Os Nadis conduzem e regulam o "Prana" (energias yin e yang) em espirais concêntricas. Estes Nadis são os principais, entre milhares, que percorrem todo o corpo em todas as direções, linhas meridianos e pontos. Para os hindus os Nadis são sagrados, é por meio da "Sushumna" que o yogi deixa o seu corpo físico, entra em contato com os planos superiores e traz para o seu cérebro físico a memória de suas experiências.

 

Copyright © 2010 Devi Kundalini Yoga Maringá | Blogger Templates by Splashy Templates | Free PSD Design by Amuki